domingo, 31 de outubro de 2010

FALTANDO MENOS DE 5% DOS VOTOS A SEREM APURADOS RICARDO JÁ ESTA MATEMATICAMENTE ELEITO


Ricardo Coutinho - Governador eleito da Paraíba
Candidato Ricardo Coutinho do PSB, já conta 1.053.185 o que representa 53,69% do votos válidos. Como faltam menos de 5% dos votos a serem apurados, o candidato já é anunciado como matematicamente eleito.

Da Redação

sábado, 30 de outubro de 2010

Pesquisa Ibope: Ricardo Coutinho 52% e Zé Maranhão 48% dos votos válidos

A segunda rodada da pesquisa Ibope do segundo turno das eleições para governador da Paraíba aponta um empate técnico entre José Maranhão (PMDB) e Ricardo Coutinho (PSB) na disputa pelo cargo. Na última pesquisa antes dos eleitores irem às urnas, o instituto apurou que 52% de seus entrevistados na Paraíba pretendem votar em Ricardo, enquanto 48% planeja votar em Maranhão.
O empate técnico ocorre devido à margem de erro da pesquisa, que é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O grau de confiança da pesquisa de intenção de votos é de 95%.
VOTOS VÁLIDOS
Candidato %
Ricardo Coutinho - 40 - PSB 52%
José Maranhão - 15 - PMDB 48%
TOTAL 100%
Divulgada no dia 15 de outubro, a primeira pesquisa Ibope do segundo turno na Paraíba apontava para uma vitória do socialista por 12 pontos de diferença. Ricardo tinha 52%, enquanto seu adversário, Maranhão (PMDB), somava 40%.
Para facilitar a comparação com os resultados oficiais que serão divulgados pelo Tribunal Regional Eleitoral, o Ibope divulga os números relativos aos votos válidos. O percentual de votos válidos de cada candidato corresponde à proporção de votos do candidato sobre o total de votos, excluídos os votos brancos, nulos e indecisos.
Um candidato a governador é eleito no 2º turno se obtiver 50% mais um dos votos válidos na apuração oficial.
Votos totais

No levantamento de votos totais, que incluem os brancos, nulos e o percentual de eleitores que ainda estão indecisos, Ricardo aparece com 49% das intenções, quatro pontos à frente de Maranhão, que teria 45% dos votos. Os brancos, nulos e indecisos somam 6%.

No primeiro turno, Ricardo Coutinho teve 942.121 mil votos (49,7% dos votos válidos) e Maranhão somou 933.754 votos (49,3%).

A última rodada de pesquisa Ibope contratada pela TV Cabo Branco foi realizada entre os dias 29 e 30 de outubro de 2010. Foram entrevistados 1.204 eleitores em 58 municípios da Paraíba. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba sob o número 39284/2010 e no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo nº 37873/2010.

Do Paraíba1
Crédito:Karoline Zilah

Ricardo e Maranhão escolhem mesmo roteiro para encerrarem a campanha

Confira a agenda dos candidatos para este sábado (30)
 Agenda_2_turno_edit_20101008_092534















Ricardo Coutinho (PSB) – Pela manhã participar da Ricarande em Campina Grande. À tarde faz carreata em João Pessoa e à noite realiza o Giroarte em Santa Rita.

José Maranhão (PMDB) – Pela manhã participa de caminhada em Campina Grande. À tarde faz carreata pelos municípios de João Pessoa, Bayeux e Santa Rita.


PolíticaPB

TV Cabo Branco divulgará pesquisa Ibope neste sábado

Expectativa para a divulgação na noite deste sábado (30), no JPB 2º edição, da pesquisa Ibope sobre a corrida eleitoral da Paraíba para o cargo de governador do Estado. O Instituto também registrou no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), na última terça-feira (26), pesquisa de boca de urna no domingo (31), dia da eleição, que será divulgada no final da tarde, nos flashes na programação das TVs Cabo Branco e Paraíba, da Rede Paraíba de Comunicação.

De acordo com dados disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a pesquisa Ibope a ser divulgada nesta noite foi registrada com o n.º 39284/2010 e entrevistou 1.204 pessoas entre os dias 27 e 30 deste Mês, em vários municípios paraibanos.

O instituto não informou as cidades pesquisadas. O intervalo de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de três pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados.

Na última pesquisa Ibope divulgada no dia 15 deste mês para o Governo do Estado, o candidato Ricardo Coutinho (PSB), da coligação Uma Nova Paraíba, venceria a eleição com 52% dos votos e José Maranhão (PMDB), da coligação Paraíba Unida, ficaria em 2º com 40% dos votos. A vantagem do socialista era de 12 pontos em relação ao atual governador.


Do Paraíba Já

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

STF pode livrar Cássio da cassação

Supremo admite que pode livrar Cássio Cunha Lima da cassação e impedir a posse de Wilson Santiago no Senado Federal; G1 destaca situação do tucano


Não foi ainda desta vez que o futuro político de Cássio Cunha Lima (PSDB) foi definido. Mesmo sob ameaça de ter seu registro de candidatura negado por foça da Lei “Ficha Limpa”, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), tomada na tarde desta quarta-feira (27), não afeta diretamente o caso do ex-governador, mas apenas aqueles que renunciaram o mandato para fugir da cassação.
Com base na decisão, os outros casos em que já incide a punição da nova lei (já julgados em órgão colegiado) serão analisados um a um, de forma diferenciada, considerando o contexto e seus desdobramentos. No caso do tucano paraibano, acredita-se que será analisado se o mesmo já cumpriu ou não sua pena. Caso o STF entenda que o ex-governador não mereça prorrogação de sua punição, cai por terra irrevogavelmente os planos do terceiro colocado, Wilson Santiago (PMDB), chegar ao Senado Federal.
O próprio Cássio explicou como se encontra sua situação. Em declaração lançada no twitter, afirma que a decisão da Suprema Corte não atinge diretamente sua condição, o que deixa em aberto o destino de seus mais de um milhão de votos.
 “O julgamento do STF ontem não tem qualquer influência no meu processo. A própria Corte anunciou que julgará caso a caso. À vitória”, twitou.

Diversos portais de notícia do país deram ênfase à decisão polêmica (tomada em meio a uma sessão bastante agitada) salientando a questão da distinção dos casos. Um desses sites a destacar a situação foi o G1, que, inclusive, usou o ex-governador da Paraíba como exemplo.

Do PBAgora

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Coligação "Uma Nova Paraiba" faz nova edição da Giraçoca

A coligação "Uma Nova Paraiba" anuncia para esta quarta-feira uma nova edição da GIRAÇOCA, com cocentração à partir das 18h na Praça das Muirçocas no Miramar.

Estão previstas as presenças do Deputado Federal Ciro Gomes, de Romário e Marcelinho Carioca que exclusivamente para prestigiar o evento em prol da campnha do candidato Ricardo Coutinho do PSB.


Da Redação

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Ricardo e Maranhão voltam a se efrentar, hoje, em mais um debate na TV

Os candidatos ao Governo do Estado, Ricardo Coutinho (PSB) e José Maranhão (PMDB), voltam a se confrontar nesta terça-feira (26), a partir das 21h00, na TV Tambaú, filiada do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT).

Os dois já se “enfrentaram” em seis debates neste segundo turno, sendo quatro em emissoras de TV - Clube, Borborema, Correio e Arapuan – e dois em redes de rádios - Correio Sat e Paraíba Sat (101 FM).

Após o debate desta terça, Ricardo e Maranhão voltarão a se “enfrentar” na quinta-feira (28), desta vez na TV Cabo Branco, filiada à Rede Globo

Da Redação
com informações do Paraíba Já

Morre o Senador Romeu Tuma do DEM-SP

[Foto: 
1º secretário, Tuma preside a sessão plenária de 12 de março de 2009
]
O senador Romeu Tuma (PTB-SP), de 79 anos, faleceu às 13h, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, em decorrência de uma hemorragia. O corpo será velado na Assembléia Legislativa de São Paulo, conforme informações da assessoria do parlamentar.

O senador foi submetido, no último dia 2, a uma cirurgia cardíaca, para colocação de um dispositivo de assistência ventricular que auxilia o coração, chamado Berlin Heart. Desde então, seguia internado.

Da Agencia Senado

WILSON SANTIAGO: URUBU DA DEMOCRACIA

Ninguém mais do que o deputado federal Wilson Santiago entrou nessa campanha inspirado pelo mau agouro.  Contava desde o início com problemas jurídicos do ex-governador Cássio Cunha Lima.
Não por intuição. Mas orientado por pareces jurídicos que pagou, generosamente, na pré-campanha pra saber quais a reais chances de Cássio escapar do Ficha Limpa. 
Vejam bem. Enquanto todo pretenso candidato paga pesquisa pra saber quais as chances eleitorais, Wilson Santiago pagou a advogados pra saber quais as chances jurídicas de impugnar Cássio. 
Foi, certamente, encorajado.
Era óbvio que Wilson Santiago teria optado pela reeleição à Câmara Federal se o ex-governador Cássio Cunha Lima, que foi eleito senador com mais de um milhão de votos, não apresentasse problema algum em seu registro.
Disse e repito: somente na Paraíba e no dominó é que vence quem tem menos pontos. 
Wilson Santiago tramou a própria candidatura baseado na impugnação de Cássio. Agora, segundo informações de bastidores, trama para confirmar o próprio mandato via tribunais superiores, formados por ministros togados e não por eleitores paraibanos. 
Vangloria-se de acusar Cássio de Ficha Suja, mas não consegue explicar problemas com a Receita Federal. 
Não pode ser classificado senão como um genuíno “ladrão da democracia”. Aquele cujo crime consiste em roubar um milhão de votos dados espontaneamente a um candidato e assegurar um “mandato da minoria”.
Wilson Santiago, portanto, ficou (como ainda está) agourando o registro de candidatura de Cássio desde o período pré-eleitoral. Poucos sabem que esforços pode ter empenhado nos porões do Judiciário para conseguir seu intento.
Aos poucos, vamos revelando cada passo do peemedebista neste sentido.
Wilson Santiago é um urubu da democracia, esperando a carniça porque não tem peito pra assegurar a própria caça.
Sobrevoa os votos espontâneos de Cássio à espera que eles sejam anulados para cair de boca no banquete do Senado, refeição que lhe enche a boca de água só em pensar.

Do PolíticaPB
Por Fabiano Gomes

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Marina grava para o programa de Ricardo


Uma gravação da ex-candidata do PV à presidência da República, Marina Silva, foi ao ar hoje no guia eleitoral da Coligação Uma Nova Paraíba. Marina gravou o pedido de voto para Ricardo Coutinho ontem em São Paulo, depois de uma articulação que teve à frente o presidente estadual do PV paraibano, Sargento Dênis Soares.
Segundo ele, até agora a candidata só se dispôs a anunciar o apoio ao socialista da Paraíba:

- Vários candidatos procuraram Marina Silva e pediram esse anúncio de apoio. O único que ela atendeu foi Ricardo Coutinho. Nós mantivemos contato com a assessoria de Marina e ela se prontificou a gravar, o que nos deixou muito felizes - disse Dênis ao Parlamentopb.

Na Paraíba, Marina Silva conseguiu 17,64% dos votos válidos (341.916 votos) e não teve comitê oficial. A candidatura da ex-ministra do Meio Ambiente foi divulgada por algumas lideranças, mas principalmente pela militância do PV

.
Do GiroPB

domingo, 24 de outubro de 2010

Carreatas e Comícios preenchem a agenda dos candidatos ao Governo do Estado neste domingo

Confira a agenda dos candidatos a governador para este domingo:
 



José Maranhão (PMDB): Pela manhã, visita o Mercado de Oitizeiro e a Feira do Grotão. Às 9h, participa de carreata em João Pessoa. À noite, estará em Cabedelo, Bayeux e Sapé onde participará de comícios. 


Ricardo Coutinho (PSB): Durante a manhã e a tarde estará em Campina Grande para participar de carreata. À noite, o candidato faz caminhada em Sousa (fofachão) e participa de comício de encerramento em Cajazeiras.


Da Redação

sábado, 23 de outubro de 2010

Vice-prefeita de Mataraca anuncia apoio a candidatura de Ricardo durante Carreata no Litoral Norte

vice_de_mataraca1_20101023_163827













A Carreata da Vitória deste sábado (23) iniciada em Mamanguape e que vai percorrer as cidades de Capim, Sapé e Mari começou com uma boa notícia, a adesão da vice-prefeita de Mataraca, Karine Lira (DEM).

Segundo ela, a decisão de se unir ao projeto político de Ricardo Coutinho (PSB) se deu por conta do grande clamor popular, que deu uma vitória expressiva ao socialista neste primeiro turno. Karine ainda ressaltou que as idéias de Ricardo são as melhores para o desenvolvimento do estado e principalmente para o seu município.

Ela ainda denunciou que em Mataraca muitas pessoas foram perseguidas pelo atual prefeito, chegando a ser exoneradas de seus cargos por terem votado no candidato da coligação Uma nova Paraíba. “O povo de Mataraca deu a maioria dos seus votos a Ricardo e disse claramente que não aceita Maranhão.

Em meu município muitas pessoas perderam seu emprego após o primeiro turno por conta de perseguição do prefeito da cidade”, finalizou.

Do PolíticaPB

Carreatas e Comícios ocupam a agenda dos candidatos ao Governo do Estado neste sábado

Confira a agenda dos candidatos a governador para este sábado:

Ricardo Coutinho (PSB): Pela manhã, participa de carreata em Mamanguape e Capim. À tarde, a carreata prossegue em Sapé e Mari. Já, à noite participa de comício em Conceição, Itaporanga e Piancó. 

José Maranhão (PMDB): Pela manhã visita o mercado da Torre e faz comício relâmpago em Soledade e Gurjão. Ainda pela manhã, sobrevoa as cidades de São João do Cariri, Parari, São José dos Cordeiros, Coxixola, Congo e Camalaú. À tarde, faz comício relâmpago em São João do Tigre , São Sebastião de Unbuzeiro e Monteiro. Sobrevoa as cidades de Zabelê, Prata e Amparo. A agenda do candidato será finalizada com uma carreata em Teixeira e comícios em Patos e Sousa. 
 
Da Redação
com informações do ClickPB

Prefeita de São José dos Ramos desmente asssessoria de Maranhão e diz que continua apoiando Ricardo Coutinho

Cida_Amorim_20101019_214221
A prefeita do município de São José dos Ramos e irmã do deputado estadual João Gonçalves (PSDB), Maria Aparecida Amorim, desmentiu na tarde desta sexta-feira (22) a assessoria do governador José Maranhão (PMDB) e revelou com exclusividade ao PolíticaPB que não voltou a apoiar a candidatura do peemedebista.

Segundo a prefeita, o apoio dela e da população do município será dada ao candidato do PSB, Ricardo Coutinho, como já havia anunciado no início desta semana.

De acordo com Maria Aparecida, sua ida a Granja Santana se deu apenas para comunicar ao governador as razões pelas quais rompeu politicamente com seu projeto político para apoiar a candidatura de Ricardo Coutinho.

“Fui à Granja para dar uma satisfação ao governador sobre minha adesão a Ricardo. Tive esse cuidado porque no primeiro turno havia apoiado a candidatura de Maranhão e precisava comunicá-lo pessoalmente da minha decisão”, frisou a prefeita.

Ela disse ainda que a decisão de apoiar Ricardo veio por intermédio da população. “Pessoas ligadas a José Maranhão foram hostis com o povo e eles exigiram um posicionamento meu”, revelou.

Na ocasião, Maria Aparecida afirmou que ficou surpresa com a notícia encaminhada pela assessoria do governador informado que ela não teria aderido. “Eu fiquei surpresa com isso porque aquela foto foi tirada apenas como um registro da minha visita ao governador, mas em nenhum momento eu concedi entrevista afirmando que teria voltado atrás na minha decisão de apoiar a candidatura de Ricardo”, finalizou.

Do PoliticaPB

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

A Deputada Iraê Lucena aderiu a Ricardo Coutinho

"Ninguém é tão amigo que não possa romper, nem tão inimigo que não possa se conciliar", disse a deputado Iraê Lucena, citando a frasev de Tancredo Neves, para dizer que a partir deste momento estava deixando a candidatura de José Maranhão e aderindo à candidatura de Ricardo Coutinho.
A deputada Iraê Lucena, do PMDB, na entrevista coletiva, onde anunciou que estava aderindo à candidatura do governador José Maranhão, também do PMDB.

A deputada estadual Iraê Lucena, do PMDB, abandonou a candidatura do governador José Maranhão, também do PMDB, e anunciou que a partir de agora passa a apoiar o candidato do PSB ao governo, Ricardo Coutinho. O GiroPB havia anunciado na quarta-feira (20) que a deputada iria aderir à oposição.
O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (22) no mini-plenário da Assembléia Legislativa, em uma entrevista coletiva que a deputada concedeu à imprensa.
Iraê leu um manifesto para os jornalistas e disse que não guarda mágoas de ninguém. “Apenas acredito em um projeto novo para a Paraíba”, disse ela na entrevista.
Ela não conseguiu se reeleger para a Assembléia Legislativa e disse que a culpa foi do quosciente eleitoral. “Não culpo ninguém pela minha derrota”, disse a deputada.
A deputada afirmou que não guarda mágoas de ninguém e estava aderindo porque tem certeza que a Paraíba passa por um novo momento com Ricardo Coutinho.

Do GiroPB

Agenda de hoje (22/10) dos candidatos ao Governo do Estado


Candidatos ao governo do estado participam de debate na rádio Correio Sat
Os candidatos ao governo do estado participam de debate na rádio Correio Sat. Confira a agenda dos candidatos para esta sexta-feira (22):


José Maranhão (PMDB), da Coligação ‘Paraíba Unida’, não participa de nenhuma atividade eleitoral, no período da manhã e às 12h30 participará de debate na rádio Correio Sat. Após o compromisso em João Pessoa, o peemedebista realiza diversos comícios relâmpagos em oito cidades da Paraíba: Alagoa Grande (15h), Pocinhos (16h), Puxinanã (16h30), Montadas (17h), Areial (17h30), Esperança (20h), Remígio (21h) e Areia (22h).

Ricardo Coutinho (PSB), participa de encontro com evangélicos, no período da manhã. À tarde, segue particpa de debate na rádio Correio Sat e segue para caminhada no município de Bayeux. No fim do dia, particpa de comício nos municípios de Santa Rita e Cabedelo.


Da Redação
com informações do ClickPB

TSE mantém inelegível senador eleito Cássio Cunha Lima







Por quatro votos a três, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve inelegível nesta quinta-feira (21) o senador eleito pela Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB). Governador paraibano cassado, o candidato obteve mais de um milhão de votos nas eleições de 2010, mas eles estão invalidados porque a candidatura do tucano foi negada pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) com base na Lei da Ficha Limpa

O TRE-PB havia rejeitado registro a ele pelo fato de ter sido cassado em 2009 pelo próprio TSE por abuso de poder econômico e político. Ele foi acusado, entre outros ilícitos, de distribuir 35 mil cheques pela Fundação de Ação Comunitária durante a campanha eleitoral de 2006
.
Voto vencido no caso, o ministro Marco Aurélio Mello relembrou que Cunha Lima foi cassado e declarado inelegível por três anos, prazo que venceu em 2009. Ao protestar contra o que classificou de retroação da Lei da Ficha Limpa, disse que "a lei não pode retroagir para apanhar atos e fatos passado".

"Ele ficou inelegível por três anos a partir de 2006 e esse período se encerrou em 2009. Retroatividade mais escancarada que essa nós dificilmente teremos", opinou sem, contudo, convencer a maior parte dos magistrados em Plenário. "A decisão judicial da cassação de Cunha Lima já se consolidou, se já completou. Não há como retornar ao status quo de antes. Estaríamos punindo duas vezes o recorrente pelo mesmo fato", completou o presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski, também voto vencido no processo.

Para o relator do caso, ministro Aldir Passarinho Jr, que já havia votado em sessão anterior que analisou o mesmo caso, a Lei da Ficha Limpa passou a considerar inelegível pelo período de oito anos, a contar da eleição, quem for condenado pela Justiça Eleitoral, em decisão colegiada, por prática tipificada como abuso de poder político e econômico, como, em sua avaliação, seria a situação de Cássio Cunha Lima. Ele teve o entendimento seguido por outros três ministros.

Cássio Cunha Lima obteve mais de um milhão de votos no pleito do último dia 3. Caso sua candidatura seja aprovada - ele pode recorrer ao próprio TSE e ao Supremo Tribunal Federal (STF) - os votos serão validados, e o candidato poderá ocupar uma das cadeiras da Paraíba no Senado. Os dois mais votados com votos válidos foram Vitalzinho e Wilson Santiago, ambos do PMDB. O primeiro somou 869.501 votos e Santiago, 820.653. 

Do Terra

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Agenda de hoje, dos candidatos ao Governo Estado

Confira os compromissos dos canddiatos ao Governo da Paraíba para esta quinta-feira (21).
Ricardo Coutinho
Encontro com pastores evangélicos, pela manhã. À tarde, gravação do guia eleitoral. Debate em emissora de TV de Campina Grande, à noite



José Maranhão
Pela manhã e à tarde, faz contatos políticos e se prepara para participar debate em emissora de TV de Campina Grande, à noite.



Do Paraíba1

PEC-300: Maranhão quer dá aumento em troca de votos na eleição

Não é de hoje que as polícias Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros, reivindicam reajuste de salários e melhorias nas condições de trabalho. E isso acontece há muito tempo. Não é coisa desse governo. Vem de muito tempo, na Paraíba.
O governador José Maranhão já administrou a Paraíba por mais de uma década. E sempre teve um péssimo relacionamento com a Polícia, especialmente a Militar. Chegou, até, a convocar o Exército com tanques de guerra para enfrentar a PM amotinada na praça em frente ao Palácio.
Agora, em pleno período eleitoral, quando a legislação proíbe aumento de despesas com pessoal no âmbito do Executivo, o governador envia à Assembléia Legislativa o projeto de lei de nº 1.892/2010 propondo um reajuste escalonado para a PM, a Civil e os Bombeiros.
Maranhão, na verdade, joga para a torcida e tenta tirar proveito de uma situação que se arrasta há muito tempo. O governador tenta se apegar a popularidade do Major Fábio, que teve pouco mais de quatro mil votos em 2006 para deputado federal e em 2010 chegou a 68 mil votos.
Esse salto numérico deu-se por conta da luta do deputado federal em defesa da implantação da PEC-300 no país inteiro. Pegar carona na sua popularidade é oportunismo de momento e desespero por conta do resultado das eleições em primeiro.
A Polícia Militar merece não só a PEC-300. Merece, em verdade, uma PEC 600. Os salários dos militares e dos policiais civis estão defasados, suas condições de trabalho são péssimas e, por conta disso mesmo, a violência vem aumentando na Paraíba a olhos vistos.
O governo – qualquer governo – precisa discutir a reestruturação da Polícia Militar e da Polícia Civil, melhorar seus salários, construir vilas militares para suas famílias. Ou seja, investir na Polícia, que tantos serviços tem prestado a Paraíba.
Não se faz política de segurança com enganação. E o projeto do governo é uma enganação. Visa, em última análise, angariar votos junto aos familiares dos militares para essas eleições. E nada mais do que isso.

Do Giro PB
Por: Zé Euflávio

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Concursados pedem convocação de 5 mil aprovados e chamam PEC 300 de “PEC Papai Noel”


protesto_20_10_20101020_182809














Candidatos aprovados nos concursos da Polícia Civil, Agentes de Segurança Penitenciária e Cagepa realizaram, nesta quarta-feira (20), um protesto em frente ao Palácio da Redenção. A mobilização, de acordo com a Comissão dos Concursados, teve dois objetivos: exigir a convocação dos mais de 5 mil aprovados nos certames e a retirada do ar do guia eleitoral do candidato a governador José Maranhão (PMDB) que fala da nomeação dos concursados.

Conforme os representantes da comissão, “o que o candidato José Maranhão afirma em seu guia eleitoral é uma inverdade já que a grande maioria dos aprovados ainda não foi convocada. Além disso, a minoria chamada pelo Executivo Estadual foi resultado de uma determinação judicial que obrigou o Governo a chamar um número mínimo de aprovados”.
 
PEC 300 – Os concursados protestaram, ainda, contra a proposta de implantação da PEC 300 na Paraíba feita pelo governador licenciado José Maranhão. Segundo os representantes dos concursados, a categoria está chamando a promessa de “PEC Papai Noel”. Eles afirmaram que não acreditam “que um governador que passou dez anos sem dar reajuste a classe dê continuidade a esse projeto”.

Agentes de Segurança Penitenciária - De acordo com explicações da comissão dos Agentes de Segurança Penitenciária, dos aprovados no último concurso, 650 foram convocados no governo de Cássio Cunha Lima e 300 no governo atual, sendo que nesse último caso o Executivo obedeceu ao desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB), João Alves da Silva, que determinou a convocação imediata de todos. Atualmente, conforme o presidente da Comissão, Sandro Lima, 1.700 candidatos aprovados aguardam a convocação.
 
Polícia Civil – De acordo com a comissão de concursados da Polícia Civil, 1.162 candidatos aprovados ainda aguardam convocação pelo Governo do Estado. Os representantes também explicaram que os 450 chamados este ano, por determinação judicial, continuam sem a certeza de que serão nomeados “já que o curso de formação que deveria ser iniciado nesta quarta-feira teria sido adiado para o próximo dia 9”.
 
Cagepa – O caso dos candidatos aprovados no concurso da Cagepa não é muito diferente. De acordo com informações da comissão, são 2.780 concursados na espera pela convocação. Dos 3.580 aprovados apenas 800 foram chamados até agora.
 
Do PoliticaPB

Deputado Branco Mendes denuncia perseguição a Policiais, por parte do Governo do Estado


Branco_Mendes_20100321_175942

O deputado estadual Branco Mendes (DEM) denunciou, durante sessão na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (18), que três policiais do Batalhão da Polícia Militar de Alhandra foram transferidos da cidade por perseguição política do governador e candidato a reeleição José Maranhão (PMDB).
“Estamos surpresos com a reação do Governo do Estado que agora passa a perseguir os policiais do nosso Estado. Três policiais foram transferidos sem motivo algum, apenas por não seguirem a cartilha do atual governador”, frisou o parlamentar.
Na ocasião, o deputado Zenóbio Toscano (PSDB) revelou que em Guarabira as famílias dos policiais estão sendo pressionadas para votarem no atual governador. “Isso é um absurdo, mas essas práticas sempre foram adotadas pelo atual gestor que ainda mantém as práticas antigas de governar”, disse.

Da Redação 
com informações do Politica PB

Agenda de hoje dos candidatos ao Goerno do Estado

Saiba quais são os compromissos dos candidatos ao Governo do Estado nesta quarta-feira (20):

José Maranhão (PMDB)
13h – Almoço no Boulevard Shopping
14h – Plenária: debate com mulheres
17h – Comício relâmpago em Ingá
19h – Comício em Santa Rita
20h30 – Plenária: debate com igrejas em João Pessoa 

Ricardo Coutinho (PSB)

10h – Carreata da Verdade pelos municípios Riacho dos Cavalos e Jericó
14h – Carreata da Verdade pelos municípios de Lagoa, Bom Sucesso, Catolé do Rocha e Brejo do Cruz
Noite - Comício nos municípios de São Bento, Pombal e Sousa 

Do Paraíba1

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Numa operação comandada por Luiz Couto, Rodrigues Soares deixa a coordenação da Campanha de Dilma na Paraíba

[LuizCouto_e_RodrigoSoares.jpg]
O desempenho de Dilma Rousseff  na Paraíba e a ausência da sua imagem nas campanhas dos candidatos a governador José Maranhão (PMDB) e Ricardo Coutinho (PSB) nesse segundo turno provocou mudanças na sua coordenação de campanha.

O deputado federal Luiz Couto disse que após reunião com o representante do PT nacional, Wilmar Lacerda, e os deputados eleitos no Estado ficou definido que a coordenação será formada pelos deputados estaduais eleitos Luciano Cartaxo, Anísio Maia e Frei Anastácio e o deputado federal Luiz Couto, que indicarão um representante para a comissão que irá executar os trabalhos de distribuição de material de campanha e realização de atividades de Dilma.

De acordo com Luiz Couto, durante a reunião com o representante da nacional, ficou definido que a coordenação não poderia ficar concentrada nas mãos de Rodrigo por ele ser candidato a vice-governador e estar mais interessado em puxar a sardinha para tentar eleger José Maranhão (PMDB). Couto considerou as mudanças necessárias para o crescimento da candidatura de Dilma na Paraíba que vem perdendo espaço tanto no grupo do PMDB com a influência de Cícero Lucena apoiando José Serra quanto no do PSB com a influência do PSDB e DEM que apóiam Serra.

O vice-presidente do PT de João Pessoa, Jackson Macedo, declarou que com o acirramento entre Dilma e José Serra a imagem da petista sumiu do guia eleitoral de José Maranhão e da própria campanha do peemedebista e, por outro lado, o nome de José Serra cresce entre os eleitores de Ricardo pelo posicionamento do presidente Lula no 1º turno e pela influência de Cássio Cunha Lima (PSDB).

Do Blog do Paulo Neto 


NR:É a vingança de Luiz Couto.

Confira a agenda de hoje, dos candidatos ao Governo do Estado

Confira agenda de Zé Maranhão e RC nesta terça-feira

Os candidatos ao Governo do Estado da Paraíba realizam mobilizações com profissionais, gravação de guias e realizam entrevistas nesta terça-feira (19).

Confira as agendas de cada um:

José Maranhão (PMDB)
Pela manhã, cumpre agenda administrativa. À tarde, concede entrevista à 101 FM. À noite, mobilização com profissionais da Saúde, no Clube Cabo Branco.

Ricardo Coutinho (PSB)
Dedica a sua manhã, a gravação do guia eleitoral. À tarde e a noite, entrevista à rádio e caminhada na capital. Á noite, comício em Lagoa Seca.
 
Do PBAgora

CAAPORÃ NÃO ENVERGONHA, CAAPORÃ TEM VERGONHA E CORAGEM!!!

Parece que pauta predileta de um certo Blog local passou a ser publicar ataques em forma de artigos (apócrifos?), não assinados, a honrados cidadãos caaporenses que tanto têm contribuído para o desenvolvimento de nossa querida cidade. Desta vez sob o título "A vergonha de Caaporã!!".
                                       
Não pretendemos entrar numa briga de baixo nível com ataques pessoais a quem quer seja, mas não podemos nos calar, quando somos atacados, apenas por não seguirmos, como robôs aos comandos do gestor de plantão.

No último dia 3, data do primeiro turno da eleição, o eleitor Caaporense deu um grande exemplo cidadania e de exercício democrático, quando resistindo a pressões de toda sorte, expressou, de forma livre e soberana, suas preferências, na escolha de seus representantes para Assembléia Legislativa, para Câmara Federal e para o Senado. Contribuindo ainda para levar a decisão da majoritária para o segundo turno que acontecerá no próximo dia 31.

O jovem que supostamente escreveu o artigo demonstra apenas a sua inequívoca vontade de agradar ao grupo que se encontra no poder local. Nada demais, não fosse pela maneira grosseira e inapropriada para o embate de idéias, tão necessário para convivência democrática e indispensável para o desenvolvimento de nossa querida Caaporã.

Gestões públicas devem ser julgadas, pelo povo, que é sábio e soberano para decidir se a aprova ou não. Irregularidades de gestores deverão ser apuradas e julgadas pelos órgãos competentes, não entraremos nesse mérito.

Lembramos que, apenas o povo na sua infinita sabedoria é capaz de condenar e de redimir gestores conforme seu próprio entendimento. Temos o exemplo recente do atual gestor, que no fim de seu governo anterior foi veementemente repudiado, chegando ao ponto de ter sua casa incendiada e voltou consagrado quatro anos depois. Foi a soberana vontade do povo.

O que não aceitamos é a intenção, do anônimo autor do artigo, de exigir do povo caaporense a obrigação de seguir a orientação do prefeito.

O eleitor é quem vai julgar se está ou não satisfeito com uma determinada gestão, “o que parece bom pra mim, não é necessariamente bom pra meu vizinho”. Prevalecerá o entendimento da maioria, é assim que funciona a democracia.

Fala-se da construção de uma praça e da reforma da Secretaria de Saúde. Muito bem, é louvável e a população certamente agradece. Mas uma gestão não é só feita e cal e pedra, é preciso também do componente humano, social, respeito ao direito adquirido, valorização do servidor e toda uma gama de outras variáveis.

Quanto deixou de ser pago, de direitos dos servidores municipais, nesse período de um ano e dez meses da atual gestão em 1/3 férias, salário família, qüinqüênios e outras vantagens? Se fizermos as contas dá pra fazer duas praças e duas reformas de secretaria ou mais.

Esse mesmo gestor tão defendido, no final de sua última gestão deixou os servidores com duas folhas de pagamento atrasadas, algumas secretarias com três, o valor destas folhas de pagamento dava pra fazer pelo menos três praças do Colorido.

O Atual gestor, é bom lembrar, teve sua candidatura sob liminar, na sua última eleição, uma vez que tinha conta reprovada pelo TCE. Posteriormente, foi revertida a decisão na Câmara de Vereadores, instância sabidamente sob seu controle, na época. Mas é a lei respeitamos.

Então meu caro jovem, as coisas não são tão coloridas assim como você quer mostrar. Mais uma vez repetimos que só o povo, que não é míope nem daltônico consegue enxergar as cores reais do filme da vida  real do qual somos todos protagonistas.

Cássio Cunha Lima, mencionado no seu texto de forma pejorativa, tem o mais rico currículo político da história recente de nosso Estado foi três vezes prefeito de nossa segunda maior cidade, Campina Grande, o mais jovem Deputado Constituinte e Governador do Estado eleito por duas vezes. Processado por seus opositores, julgado pelo TRE e pelo TSE, teve seu mandato cassado e declarado inelegível por três anos, o que consideramos um equivoco, mas decisão judicial, não se discute, cumpre-se. Mais uma vez o povo da Paraíba soberanamente reconheceu em Cássio sua maior liderança e o fez Senador com mais de um milhão e votos. Contra votos não há argumentos.

Quanto a atacar, com grosserias e termos pejorativos, a ilustres filhos de Caaporã, como o atual vice-prefeito Cristiano (Kiko) e ex-prefeita Jeane Nazário, não é uma boa tática, trata-se de pessoas queridas e, queiram ou não seus opositores, são expressivas lideranças locais, como ficou demonstrado na eleição do dia 3 passado. Como disse anteriormente, o julgamento político quem faz é povo, o julgamento da gestão fica a cargos dos órgãos competentes.

Vale salientar que a oposição local neste momento, une-se no projeto estadual, mas não tem projeto local comum, são dois ou mais grupos que poderão democraticamente convergir ou não.

Não temos do que nos envergonhar, o que vemos é o amadurecimento da democracia, é povo se livrando da antiga dependência e procurando traçar seu próprio destino.

Não será a construção de uma praça e reforma de um prédio público, tampouco promessas de um paraíso imaginário que definirá a opção do povo de nossa cidade. Caaporã quer mais, Caaporã pode e vai ter muito mais.

O dia 31 se aproxima e com ele a decisão do FUTURO DA PARAÍBA por quatro anos, que terá implicações por décadas. Temos a certeza de que Caaporã e a Paraíba já sabem qual é a melhor opção. DEIXEM O POVO VOTAR

Da Redação
Por: José Canuto/Colaborador

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Luicano Cartaxo se recusa e Ricardo Marcelo assume governo durante licença de Maranhão

Ricardo Marcelo assume governo nesta terça
Ricardo Marcelo assumirá interinamente

Cartaxo diz que prefere pedir voto para Dilma que ficar no Palácio

O presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Marcelo (PSDB), confirmou que assume, nesta terça-feira (19), o governo da Paraíba até o segundo turno das eleições. É que o governador José Maranhão (PMDB) vai se licenciar mais uma vez para se dedicar a campanha eleitoral. A transferência interina do cargo deve acontecer às 10h no Palácio do Governo.
O presidente da Assembleia disse que se sente preparado para o desafio. “O tempo é curto e vou manter a administração do Estado em harmonia com o governo de José Maranhão, não temos muito tempo para inovar”, explicou Ricardo Marcelo.
Com o afastamento do cargo, o vice-governador Luciano Cartaxo (PT) deveria assumir, mas por causa de uma viagem para se dedicar à campanha de Dilma Rousseff, ele repassou a atribuição para o presidente da Assembleia.
Em entrevista a 101 FM na semana passada, Cartaxo já havia avisado que preferia ir às ruas pedir votos para Dilma do que assumir o Palácio.

Cartaxo diz que prefere pedir voto para Dilma que ficar no Palácio

O vice-governador Luciano Cartaxo (PT) disse, nesta quinta-feira (14) em entrevista à 101 FM, que tem maior interesse em se dedicar à campanha de Dilma Rouseff (PT) à presidência do que de ficar no Palácio da Redenção. A afirmação veio em resposta ao questionamento a sobre uma possível licença do governador José Maranhão (PMDB) para se dedicar à campanha de 2º turno.

Isso porque, de acordo com ele, os resultados na Paraíba em relação à eleição presidencial ficaram abaixo do esperado por todos. "A campanha da ministra Dilma ficou a reboque da estadual. Por conta disso, não tivemos o resultado esperado. Mas agora chegou a hora de ir às ruas e se dedicar à campanha nacional", explicou.

Segundo Cartaxo, não houve nenhum pedido do governador, mas que ele já informou não ter interesse em assumir o governo caso isso aconteça. "Eu prefiro estar nas ruas do que no palácio, neste momento. Nós vamos rodar o estado e fazer campanha. Eu tenho esse compromisso com o partido. Dedicação toda especial para a campanha da ministra Dilma, afinal, este é o projeto maior do PT", garantiu.

Ele disse ainda que todos os petistas devem trabalhar juntos nesta fase da campanha. "Temos companheiros que foram eleitos, outros não, mas que são lideranças e que vão ajudar na campanha nacional. Temos visto número de adesivos do outro candidato crescendo na Paraíba e precisamos mudar isso. Agora vamos nos dedicar à campanha de Dilma".

Do Paraíba1

domingo, 17 de outubro de 2010

Candidatos ao Governo do Estado se efrentam hoje no segundo debate do 2º turno

Foto:www.FabioRdrigues.com
Os candidatos ao governo do estado, José Maranhão (PMDB) e Ricardo Coutinho (PSB) se enfrentam nesta segunda-feira (18) em debate na TV Correio, a partir das 22h. 

O debate será mediado pelo jornalista Helder Moura  e terá a participação de outros jornalistas do Sistema Correio fazendo perguntas aos candidatos. As regras foram acertadas, em reunião entre as equipes de jornalismo da emissora e representantes das coligações de José Maranhão (Paraíba Unida) e Ricardo Coutinho (Por uma nova Paraíba).

Este é o segundo debate do segundo turno das Eleições 2010 na Paraíba. O primeiro foi realizado pela TV Clube na última quinta-feira (14).

Da Redação
Com ClickPB


Agenda de hoje, dos candidatos ao Governo do Estado

Maranhão e Ricardo participam de carreatas em João Pessoa e Campina Grande Os candidatos ao governo do estado continuam a campanha do segundo turno das Eleições 2010, neste fim de semana, com carreatas em João Pessoa e Campina Grande.
Jose Maranhão(PMDB), da coligação Paraíba Unida, participa de carreata na manhã deste domingo (17), na cidade de Campina Grande. A concentração acontece na Avenida Manoel Tavares, às 8h.

Ricardo Coutinho(PSB), participa neste domingo de carreata, em João Pessoa. A concentração acontece às 10h no Parque Solón de Lucena. À noite, Ricardo segue para o município de Guarabira, onde realiza comício.

 Da redação
com infomações do ClickPB

Marina decide pela neutralidade no 2º turno

Agência Brasil
Terceira colocada na eleição presidencial, Marina Silva (PV) oficializou na tarde deste domingo a opção pela neutralidade no segundo turno, como a Folha antecipou neste domingo.
Em votação simbólica, a ex-presidenciável, que recebeu 19,6 milhões de votos, referendou a posição para a nova etapa da corrida presidencial.
Dos cerca de 170 votantes, apenas quatro declararam apoio a Dilma Rousseff (PT) ou José Serra (PSDB). Mesmo Fernando Gabeira, o candidato derrotado ao governo do Rio que contou com o apoio do tucano no primeiro turno, preferiu a independência do partido.
Individualmente, os filiados estão liberados para aderir às campanhas da petista ou do tucano. É o que Gabeira faz ao endossar a candidatura de Serra. 

Da Redação 
com A Folha

sábado, 16 de outubro de 2010

Agenda de hoje, dos candidatos ao Governo do Estado


Os candidatos a governo do estado realizam comícios relâmpagos em diversas cidades paraibanas neste sábado (16).

José Maranhão (PMDB) participa nesta manhã de comícios relâmpagos em Taperoá, Serra Branca e Ouro Velho. tarde participa da caminhada Onda Vermelha no Gervásio Maia e Colinas do Sul, a partir das 16h.  Para fechar a programação do sábado, o governador faz comício no bairro de Várzea Nova, em Santa Rita, às 19h.
 
O candidato Ricardo Coutinho (PSB) participa de carreata nos municípios de Itatuba e Ingá no turno da manhã. Durante a tarde segue para os municípios de Mogeiro, Itabaiana e Juripiranga, também para carreatas. À noite, realiza comícios em Areia, Esperança e Campina Grande.

Do ClickPB

Comício da Coligação "Uma Nova Paraíba" em Alhandra




A coligação "Uma Nova Paraíba" fez um grande comício na noite dessa sexta-feira na cidade de Alhandra, sob o comando do Deputado Estadual reeleito, Branco Mendes e do Prefeito Renato, com a presença do candidato ao governo do Estado Ricardo Coutinho e do Senador eleito Cássio Cunha Lima, compareceram ainda o Senador Efraim Morais, o Deputado Federal reeleito Efraim Filho, além lideranças de todo o Litoral Sul.

De Caaporã, entre outros, estiveram presentes o vice-prefeito Kiko,  a vereadora Didi, Adjací Pereira, os vereadores Manuel do Fumo e Ezildo, os suplentes Professsor Nau, Val de Júlio, Dário, as suplentes Irmã Sandra e Eleonora, a ex-prefeita Jeane Nazário e o ex-prefeito Dr Carlos.

Da Redação 
com Assessoria

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

IBOPE MOSTRA RICARDO 12 PONTOS A FRENTE DE MARANHÃO

Ibope divulga pesquisa e mostra Ricardo Coutinho 12 pontos a frente de José Maranhão; socialista aparece com 52%, enquanto peemedebista tem 40% O Ibope divulgou nesta sexta-feira (15) primeira pesquisa de intenção de votos para o segundo turno da eleição na Paraíba. Segundo o instituto, Jose Maranhão (PMDB) tem 40 % dos votos, e Ricardo Coutinho (PSB), 52 %. A margem de erro é de tres pontos percentuais, para mais ou para menos.

Quando considerados apenas os votos válidos - quando são excluídas as menções aos votos brancos, nulos e indecisos -, Ricardo Coutinho aparece com 57% e Maranhão tem 43%, uma diferença de 14 pontos. No primeiro turno, Ricardo Coutinho teve 942.121 mil votos (49,7% dos votos válidos) e Maranhão somou 933.754 votos (49,3%).O critério de votos válidos exclui intenções de voto em branco e nulo e eleitores indecisos.Dos 1200 eleitores entrevistados, 3% disseram que votaria nulo, enquanto 5% não opinaram.



O IBOPE Inteligência Pesquisa e Consultoria Ltda divulgou a primeira pesquisa para governador e presidente nesse segundo turno das eleições 2010. A pesquisa foi encomendada pela TV Cabo Branco.

As entrevistas com os eleitores foram realizadas nos dias 12, 13, 14 e 15 de outubro. A amostragem foi feita com 1.204 em vários municípios da Paraíba. A pesquisa foi protocolada no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) com o número 36745/2010. 

Do PBAgora

Agenda de Hoje dos candidatos ao Governo do Estado

Nesta sexta-feira (15), os candidatos ao governo se reúnem com a Federação Paraibana de Futebol e concedem entrevistas a veículos de comunicação.

Confira a agenda dos candidatos ao governo do estado para esta sexta-feira (15)
José Maranhão (PMDB) participa de assinatura de Medida Provisória de combate à violência contra criança e adolescente, às 11h, no Palácio da Redenção. Às 12h30, o governador concede entrevista à rádio 98 FM. Em seguida, se reúne com a Federação Paraibana de Futebol e dirigentes de clubes de futebol, no Clube Cabo Branco. Á noite, Maranhão viaja para Campina Grande, onde tem encontro com empresários na Sede da Associação Comercial de Campina Grande


Ricardo Coutinho (PSB), tem reunião com clubes de futebol, pela manhã, para discutir projetos na Federação Paraibana de Futebol. À tarde, ele dará entrevista na TV Tambaú e e participa de caminhada em Santa Rita. No fim do dia, realiza comício em Alhandra e Pedras de Fogo.


Do ClickPB

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

A Despeito de Nuvens Negras


Artigo não assinado, no blog Caaporã Rainha do Litoral Sul, sob o título de "Uma Nuvem Negra Sobre Caaporã", tenta jogar a opinião pública caaporense contra todos aqueles que não votaram nos candidatos do prefeito. Alegando que não votar com o prefeito é votar contra o futuro Distrito Industrial de Caaporã e portanto votar contra cidade. Ocorre que o livre exercício do voto é o mais sagrado direito do cidadão num regime democrático. 


Não votar com o prefeito, significa, apenas, dizer que não está satisfeito com a atual situação e que acredita numa mudança promissora que realmente venha a trazer desenvolvimento e progresso para nossa cidade e região.

O parentesco de um candidato com um determinado gestor, por si só, não é fator determninante para carrear benefícios para o município, disso já temos exemplo.

Tentar convencer o eleitor, atacando, mesmo que indiretamente, filhos ilustres de Caaporã, como o atual vice-prefeito e outros comerciantes, que tanto têm colaborado para o nosso desenvolvimento, resisitindo inclusive, ao desprezo de diversas gestões, que nunca valorizaram o comércio local,  só pelo fato deles não mais seguirem a orientação do atual gestor. Isto sim, é atentar contra Caaporã.

Chamar de "grupinho arrogante", o contingente que não seguiu a orientação governista municipal, é no mínimo um ultraje aos quase 50% do eleitorado caaporense que optou por essa vertente. Usar de adjetivos grosseiros, contra quem apenas exerceu seu direito de escolha, é uma clara demonstração de despreparo para convivência democrática, senão puro DESESPERO.

As ações de governo sejam da União, do Estado ou do Município devem ser institucionais, transparentes e impessoais o que significa que não podem serem usadas pelos gestores como moeda de troca pelo apoio do eleitor a fulano ou a sicrano. O cidadão livre e consciente é que decide se quer continuidade ou mudança, exercendo sua manifestação de forma soberana, com a força do mais poderoso instrumento de transformação, que é o  seu VOTO.

O tão propalado Distrito Industrial de Caaporã é bem vindo, como é louvável a iniciativa da gestão que pretende implanta-lo, porém trata-se de uma ação de governo que deverá ter continuidade com qualquer candidato que venha a ser eleito, visto que a consolidação de um distrito industrial ocorre a médio ou longo prazo, por conseguinte demandará mais de uma gestão, não podendo ficar a mercê  de um nome. Não nos faltará representantes para cobra-la de quem quer que venha a ser o governante.

Ha! A despeito de nuvens negras, elas existem sim, mas só acima de "cabeças pequenas", cujos cérebros estão fervendo, na busca de entender porque o povo caaporense não quer mais ser massa de manobra de A ou de B. VIVA O VOTO LIVRE! VIVA A DEMOCRACIA!!!


Da Redação
Por: José Canuto/Colaborador

Será hoje, na TV Club/Band o primeiro debate do 2º turno

















É hoje o debate que vai colocar os candidatos José Maranhão (PMDB) e Ricardo Coutinho (PSB) frente a frente no primeiro confronto direto entre os postulantes ao mandato do Executivo estadual pelos próximos quatro anos, a partir da eleição do dia 31 de outubro. O grupo Diários Associados e a TV Clube/Band (canal 10) mais uma vez sai na frente e dá a possibilidade para que o telespectador, ouvinte e internauta acompanhem ao vivo a transmissão do debate, de qualquer ponto do estado e até mesmo de fora do país. Uma equipe de 70 profissionais estará envolvida da realização do evento, que terá início às 22h.

O debate será apresentado pela jornalista Eliane Nóbrega, que está à frente do Jornal da Clube 2ª edição, e mediado pelo jornalista Napoleão de Castro, apresentador do programa Primeira Hora, que também vai ao ar pela emissora. Os candidatos estarão confrontando os principais temas de interesse da Paraíba de dentro dos estúdios da TV, situado à Avenida Dom Pedro II. "Através da integração das mídias, o cidadão poderá acompanhar o debate nos 223 municípios da Paraíba, seja pela Rádio Clube AM, de Campina Grande, seja pela TV Clube/Band, de João Pessoa, ou pelo Portal O Norte Online", explicou a superintendente da emissora, Heloísa Lobo.
 
Pelo rádio, basta sintonizar na frequencia 1350 KHz. Na televisão, mais de quarenta municípios acompanharão o debate transmitido pelo canal 10 e, na internet, basta acessar o endereço www.onorte.com.br, que vai transmitir simultaneamente as imagens e disponibilizar um canal de interatividade com os internautas, através de hotsite e do Twitter. O jornal O Norte vai trazer todos os detalhes dos bastidores e dos melhores momentos do debate na edição de amanhã.

Quem quiser encaminhar perguntas para os candidatos através de e-mail poderá fazer através do endereço eletrônico jornalismo@tvclube.com.br, que ficará aberto até uma hora antes do início do debate. "Estamos selecionando as perguntas e vamos colocá-las para os candidatos em sorteio durante um dos blocos", explicou Heloísa Lobo, acrescentando que todas as regras foram discutidas em reunião prévia com os representantes das coligações dos candidatos.
 
 
De O Norte

Com pedido de vistas do Presidente do TSE, julgamento do processo de Cásio é mais uma mvez adiado

Com pedido de vistas do ministro Ricardo Lewandowisk, o julgamento do recurso em que que ex-governador Cássio pede o registro de sua candidatura foi mais uma vez suspenso, sem data prevista para retomada. Antes o relator ministro Arnaldo Versiane acompanhando o parecer da PGE e votou pelo desprovimento do recurso.
 
Da Redação

Bancos privados encerram greve, mas Caixa e BB continuam


Os bancários decidiram encerrar o movimento grevista e retornar ao trabalho na Paraíba. A informação foi confirmada na noite desta quarta-feira (13).

De acordo com informações oficiais, a decisão foi tomada durante assembleia geral da categoria, realizada na sede do Sindicato dos Bancários, localizado na avenida Beira Rio, nº 3100, no bairro de Tambauzinho.

A greve, que já durava 15 dias, foi considerada pela cúpula nacional do movimento paredista como a maior já registrada no país nos últimos 20 anos. Desta vez, os trabalhadores fecharam mais de 8.270 agências nos 26 estados e no Distrito Federal.

No resto do país, a proposta dos banqueiros foi aceita em quase todos os Estados, com exceção do Maranhão, segundo informações da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf).

(João Pessoa) Por unanimidade, na Assembleia Geral Extraordinária desta quarta-feira (13/10), os bancários da rede privada lotados nas agências localizadas na base do Sindicato dos Bancários da Paraíba acataram a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e voltam ao trabalho nesta quinta-feira, 14 de outubro.

Os funcionários do Banco do Brasil, por maioria decidiram rejeitar a proposta e continuar em greve. (Vide propostas abaixo) E continuam em debate a proposta da Caixa Econômica Federal.
Do PbAgora

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Advogado não formaliza adiamento e processo de Cássio pode ir ajulgamento ainda hoje


O recurso ordinário 449910 impetrado pelos advogados do ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) pode ser apreciado na noite de hoje no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), contrariando a expectativa do próprio Cássio. É que na semana passada o advogado Torquato Jardim, que entrou no processo a pedido da Coligação Paraíba Unida, solicitou ao representante jurídico de Cássio, Eduardo Alckmin, o adiamento do julgamento por causa de uma viagem que faria ao México. Alckmin concordou, mas a formalização do pedido de adiamento de Torquato acabou não acontecendo e o caso pode ser votado ainda hoje.
 
Na última sessão, realizada na quinta-feira, o caso não chegou a ser votado por causa da ausência do ministro Marcelo Ribeiro e pela declaração de suspeição dos dois ministros substitutos da Corte, Joel Dias e Henrique Neves, que já haviam atuado em processo contra Cássio.
 
Mais votado na eleição para o Senado, com 1.004.183 votos, Cássio Cunha Lima teve seu pedido de registro de candidatura negado pelo TRE da Paraíba e foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa, por ter tido o mandato cassado em fevereiro de 2009. A defesa, contudo, alega que o período de punição de Cássio, com a decretação de sua inelegibilidade de 2006 a 2009, já expirou. Recentemente, Ronaldo Lessa, cuja inelegibilidade também havia cessado antes da sanção da Lei da Ficha Limpa, foi absolvido e teve a candidatura homologada pelo TSE.
 
 
Do ParlamentoPB

Agenda de Hoje dos candidatos ao Governo do Estado


Ricardo Coutinho- PSB, participa hoje, às 10h da manhã, da Carreata da Verdade nos municípios de Itapororoca e Araçagi. À tarde promove carreta nos municípios de Guarabira, Pirpirituba e Bananeiras. E a partir das 20h encerra o dia com comício na cidade de Solânea.


José Maranhão - PMDB, faz despachos administrativos durante o período da manhã e a tarde. À noite o candidato à reeleição grava para o Guia Eleitoral e mantém contatos com lideranças políticas.

Da Redação

RESGATE NO CHILE JÁ CHEGA AO 16º MINEIRO

O mineiro Florencio Avalos recebe o abraço do presidente chileno Sebastian Piñera logo após ser resgatado da mina San José. Avalos foi o primeiro a ser libertado na operação   Foto: AP
A operação de resgate dos mineiro chilenos, presos há 70 dias no interior de uma mina no deserto do Atakama, iniciou-se na noite de ontem e continua initerruptamente, já conseguindo resgatar 16 dos 33 mineiros.
O estado físico e psicológico  do grupo surpreendeu a equipe de resgate, bem como aos jornalistas e a todos que assistem , ao vivo, essa delicada operação.

Da Redação 
com informações do Terra

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Drama dos minieros chilenos presos em mina, perto do fim

http://www.correio24horas.com.br/fileadmin/user_upload/tt_news/pics/RESGATE_MODO2.jpg
 O presidente do Chile, Sebastián Piñera, disse às 17h40 desta terça-feira (12) que o resgate deve começar em pouco mais de duas horas.

Em entrevista na Mina San José, em Copiacó, norte do país, ele afirmou que o resgate deve durar entre 24 horas e 48 horas, dependendo dos procedimentos que forem necessários.

Piñera também afirmou que a ordem da subida ainda deve ser definida, mas o primeiro mineiro a subir deve ser Florencio Avalos, de 31 anos.
 
Do G1
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...